Grettell Valdez fala sobre a maior tristeza da sua vida

A atriz mexicana, Grettell Valdez, que interpretou a vilã Maria na novela “O Que a Vida Me Roubou”, na vida real é uma pessoa muito linda e doce. A estrela tem um canal no YouTube e falou sobre a maior tristeza da sua vida.

Grettell Valdez disse que uma coisa que ela não consegue superar é não ter conseguido se despedir da sua avó Paula. A mexicana revelou que a sua avó foi a única que a apoiou quando ela tinha 17 anos e foi morar na Cidade do México para correr atrás do seu sonho de ser atriz. Grettell falou: “Minha mamãe me disse que não me apoiaria economicamente, deixei Querétaro, porém, me doía muito deixar a minha avozinha, o que sou como mulher aprendi com ela”.

Valdez afirmou que tudo que sabe aprendeu com a sua avó: “Ela me ensinou a assar, a cozinhar, a curar feridas, a fazer limpeza… ela me ensinou muitas coisas, porém, sobre tudo me ensinou a amar”.

Grettell Valdez falou sobre a maior tristeza da sua vida. A atriz disse que como estava na Cidade do México, não pode estar com sua avó em seu leito de morte: “Não pude estar quando ela morreu, estava trabalhando fora da cidade e me disseram no dia seguinte que ela havia morrido, essa é a maior tristeza da minha vida, porque a minha avó era minha mãe, ela sempre viu por mim”.

A intérprete de Maria em “O Que a Vida Me Roubou” ainda falou que sente muita falta da sua avó, pois, era em sua vida o pilar mais forte: “As circunstâncias não me permitiram me despedir dela, cheguei quando já estava enterrada, me faz falta seu abraço, porém, sei que já não é possível”.

Grettel Valdez, portanto, disse que a maior tristeza da sua vida, a maior dor que ela sentiu foi não ter podido se despedir da sua avó que morreu sem vê-la.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *