10 motivos para votar em Fernando Haddad

vote em Fernando Haddad

Não ser Bolsonaro já é motivo mais do que suficiente para votar em Fernando Haddad, mas não podemos votar em alguém simplesmente por isso. Depois de mostrar que é uma loucura votar no candidato de extrema direita, mostraremos porque votamos em Fernando Haddad, o melhor candidato a presidência em muito tempo, e que tem bons projetos e experiência para recuperar o Brasil que tínhamos antes do golpe.

10 motivos para votar em Fernando Haddad

1 – É homem de família

Dentre os dois candidatos do segundo turno, só um é homem de família, cristão e seguidor dos preceitos de Jesus, e esse é Fernando Haddad. Diferentemente do coiso, Haddad é casado a mais de 30 anos com a mesma mulher, Ana Estela Haddad, e é pai de Frederico e Ana Carolina. Uma família linda e estruturada. Se a família é estruturada, a pessoa é estruturada.

2 – O presidente mais preparado

Provavelmente jamais o Brasil teve um presidente mais preparado, inclusive no quesito acadêmico. Fernando Haddad é formado em direito e pertencente a OAB, especializado em direito civil, mestre em economia, e doutor em filosofia. No quesito acadêmico, não pode sequer ser comparado a outros candidatos, menos ainda com Bolsonaro, que é alguém que além de despreparado, tem problemas psicológicos graves.

3- É hora da prática, criou as PPPs

Fernando Haddad estruturou a lei das PPPs, uma forma inteligente e quase imune à corrupção de aproveitar a expertise e dinheiro das empresas, para com a parceria do estado, cuidar dos serviços públicos que antes davam prejuízos e eram terreno fértil para a corrupção. Já está na hora de colocar os melhores nos maiores cargos.

4 – Criou o FIES

Dê poder a um homem e o conheça de verdade. Sempre que isso foi dado a Fernando Haddad, os resultados foram bons para o Brasil. No ministério do planejamento e da educação ele se destacou, criando o FIES, programa federal de financiamento da faculdade. Com esse programa milhares de jovens puderam e podem frequentar os bancos universitários. Infelizmente Michel Temer está aos poucos destruindo o programa, e só alguém que é um grande acadêmico pode manter e aprofundar ainda mais o FIES.

5 – Sabe colocar a casa em ordem

Em 2001 Fernando Haddad assumiu a função de chefe de gabinete da Secretaria de Finanças e Desenvolvimento Econômico do município de São Paulo, onde pegou uma prefeitura quebrada, e conseguiu em pouco tempo sanar as dívidas e equilibrar as finanças da maior cidade do país. Quando prefeito, além de aumentar a mobilidade urbana, deixou a cidade com dinheiro em caixa. Ele fará isso pelo Brasil agora.

6 – Criou o PROUNI

O PROUNI é um programa que distribui bolsas de estudos para universidades particulares para jovens que tenham cursado o ensino médio em escola pública, ou com bolsa em escola particular. Esse programa vem mudando a vida de muitas famílias, pois dá a oportunidade de mudança no patamar de toda uma família, através das novas gerações. Esse é outro programa prejudicado pelo congelamento de gastos promovido pelo governo golpista, que tem o liberalismo econômico como diretriz principal, assim como Bolsonaro.

7 – Não criou o Kit Gay

É muito difícil ter criado algo que nunca existiu. O famoso Kit Gay está presente em quase todas as frases de Jair Bolsonaro, mas nem sequer existe de fato, e muitos portais e emissoras de televisão e canais sérios de YouTube tem desmascarado o mentiroso inveterado Bolsonaro que inventou essa fake news a respeito de Haddad. No endereço https://www.youtube.com/watch?v=-vigUVl5VB4 os detalhes dessa fake news são explicados em um vídeo de apenas quatro minutos.

8 – Não é pau mandado

Outro argumento dos anti-petistas é que o Brasil em caso de vitória de Haddad será governado da carceragem da PF, onde está preso LULA. Uma pergunta, se em seu partido houvesse alguém com 40% das intenções de voto, você rejeitaria o seu apoio? É claro que não, mas LULA nunca teve como característica a de mandar em governos onde ele não é o presidente. A grande prova disso, é que o governo Dilma cometeu erros que LULA não cometeu em seu governo, uma prova de que quem governava era Dilma, e não seria diferente com Haddad, alguém muito mais preparado.

9 – O melhor programa de governo

Nenhuma das qualidades anteriores seriam válidas se Haddad não tivesse um plano de governo bom e realizável. O programa é extenso, mas, alguns dos pontos mais importantes são a isenção de pagamento do imposto de renda para quem ganha até 5 salários, a reforma do sistema bancário, que no Brasil cobra um spread, que é a diferença do custo do dinheiro captado pelo banco e o custo final para o cliente, maior do que em qualquer parte do mundo. Os números são claros, no Brasil os bancos tem uma lucratividade absurda. Com essa reforma os bancos que cobrarem demais serão punidos, e os que cobrarem valores justos, serão beneficiados. A cobrança de impostos sobre dividendos, desonerando o setor produtivo e fazendo os milionários, que são aqueles que menos pagam impostos, começarem a pagar também. Outros projetos são o fim dos privilégios para aliviar as contas da previdência, e o fim da reforma trabalhista, que não gerou empregos, e do teto de gastos, que bloqueia investimentos em saúde e educação por 20 anos.

10 – Representa o único partido que já fez algo por esse país

A mídia incutiu na cabeça das pessoas de que o Brasil era um país limpo e livre de corrupção até a ascensão do PT ao governo, o que é absurdo. Até hoje o mensalão deixa sérias dúvidas sobre como ocorreu. O petrolão foi jogado nas costas do PT, mas era o PP, partido progressista que comandava a Petrobrás e que foi responsável por grande parte dos desvios. Além disso, foram encontradas provas de corrupção na Petrobrás desde 1996, seis anos antes de o PT assumir o poder. Negar que diversos lideres do PT que se envolveram em corrupção seria uma loucura, mas escândalos como o da JBS e Odebrecht mostraram o envolvimento de metade da câmara dos deputados, grande parte do senado e grande parte do empresariado em corrupção.

Não votar em Fernando Haddad por causa da corrupção do PT exigiria que você nunca mais votasse, pois praticamente todos os partidos estão envolvidos em corrupção, e o PSL, partido de Bolsonaro, é um partido novo. Não se pode esquecer que o candidato da extrema direita fez carreira em partidos como PPR (1993-95), PPB (1995-2003), PTB (2003-2005), PFL (2005), PP (2005-2016), PSC (2016-2017) e o PSL (2018). Já ouviu falar nesses partidos?

Sinto informar que o candidato ladrão de cofres não é limpo, inocente nem cristão de verdade, e que Fernando Haddad é a melhor opção para o dia 28. Se você ao menos passou a cogitar votar nele, vá ao endereço https://lula.com.br/wp-content/uploads/2018/09/Plano_de_Governo_HADDAD_13-2.pdf e leia com atenção ao programa de governo. Esse momento vai ficar marcado para a história do Brasil. Não tome a sua decisão de cabeça quente, faça a escolha mais sensata e refletida e por conta própria, para ter a consciência de que fez o que pode para tomar o melhor caminho.

→ 10 motivos para não votar em Jair Bolsonaro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *