5 Dicas de alimentação para aquecer o corpo no inverno

aquecer o corpo no inverno

A diminuição das temperaturas nos faz buscar aconchego durante o inverno. Isso não é só em relação às roupas, edredons e mantas para aquecer, pois, nessa estação que é a mais fria do ano também é possível aquecer o corpo com algumas dicas de alimentação.

5 dicas de alimentação para aquecer o corpo no inverno

1. Sopas – Para as pessoas que gostam de comer massas e risotos, podem nesta estação substituir esses pratos por sopas, caldos e cremes de legumes. A dica é também apostar em uma proteína vegetal como a lentilha e o grão de bico, que são ricos em fibras. Evite as gorduras ruins como as encontradas no creme de leite. Acrescente em suas sopas temperos como alecrim e salpique um pouco de queijo, mas preste atenção na quantidade.

2. Chás ou bebidas com cacau – O cacau é um alimento antioxidante. Encontrado nos chocolates, é melhor consumi-lo com pouco açúcar. Aposte nos achocolatados 70% de cacau ou substitua pelo próprio produto em pó. Se for preciso opte por adoçar com algum adoçante natural como o xilitol. Outras bebidas muito boas que dão conforto nesta estação são os chás, como o de camomila e o de maracujá. Os chás são ricos em fotoquímicos que fazem aquecer o corpo no inverno e nutri-lo.

3. Legumes – No inverno as saladas ficam um pouco de lado, porque são pratos frios. A melhor opção é refogar legumes ou prepará-los no vapor. Para dar sabor, invista no tempero com ervas, como páprica, cúrcuma e salsinha. Para variar, aposte em receitas com legumes preparadas no forno. Assim você vai continuar consumindo as vitaminas e os minerais dos vegetais.

4. Consuma fibras – O calor faz com que muitos vegetais percam fibras, por isso, o consumo elevado deles é mais recomendado no inverno. É muito importante consumir cinco porções de alimentos vegetais por dia, incluindo as frutas. As fibras solúveis podem diminuir a absorção dos açúcares e das gorduras, controlam a glicemia e o nível de colesterol. Já as fibras insolúveis auxiliam na prevenção de colites e doenças do intestino. Deixe a casca dos alimentos durante o preparo e não se esqueça de se hidratar para o bom funcionamento do organismo.

Gorduras – Para as pessoas que acham que sopa não é jantar, a dica é apostar em acompanhamentos saudáveis para a sopa. Deixe pedaços inteiros dos legumes nas sopas para ativar o mecanismo da mastigação e acrescente ingredientes na medida certa. Torradas integrais são muito bem-vindas em quantidades controladas, também castanhas e azeite que são fontes ricas em gorduras boas e dão mais saciedade.

Essas dicas foram tiradas do site “Casa e Jardim” e foram dadas pela nutricionista Ione Leandro, da Onodera e pela nutricionista Luna Azevedo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *