Paulina Goto, David Zepeda e outros famosos do México se mobilizam após terremoto

Na terça-feira 19, o México viveu um momento terrível, pois, um forte terremoto de 7.1 graus sacudiu a Cidade do México causando uma grande tragédia com mais de 217 mortos incluindo crianças de uma escola que desabou.

Paulina Goto, David Zepeda e muitos outros famosos do México se mobilizaram por conta do terremoto, os artistas queridos das novelas mexicanas compartilharam vídeos, mensagens e fotos em suas redes sociais após a tragédia.

Famosos do México se mobilizam após terremoto

Paulina Goto de “Um Caminho para o Destino” compartilhou um vídeo no Instagram onde aparece em meio à destruição pedindo ajuda. David Zepeda de “Abismo de Paixão” foi outro que se mobilizou junto com o elenco do espetáculo “Só para Mulheres”, eles foram até um dos locais afetado pelo terremoto para ajudar.

Outros famosos que também apareceram nas redes sociais para pedir ajuda e divulgar os telefones de emergência foram: Anahí, Ana Brenda, Maite Perroni, Sebastián Rulli, Angelique Boyer, Carlos de La Mota, Zuria Vega, Edith González, Alfonso Herrera, Grettell Valdez, Yulianna Peniche, Osvaldo Benavides, Elizabeth Gutierrez, Eugenio Siller, Bárbara Mori e Horacio Pancheri.

O 19 de setembro no México está se tornando o 11 de setembro dos Estados Unidos, porque além da tragédia que aconteceu ontem, em 19 de setembro de 1985, há 32 anos atrás também aconteceu um forte terremoto no México que matou mais de dez mil pessoas.

Terremoto no México

A equipe de resgate ficou a noite toda procurando sobreviventes em uma escola que desabou no momento em que os pais tiravam os filhos para levar para casa, no desabamento da escola cerca de 22 crianças morreram, 30 estão desaparecidas e dois adultos morreram. Além da escola centenas de edificações da Cidade do México ficaram destruídas, a cidade ficou sem eletricidade e telefone, as pessoas que perderam suas casas estão em albergues e os famosos estão pedindo água, pilhas, cobertores, comida e tudo mais que possa ajudar as mais de dois milhões de pessoas que foram atingidas por essa tragédia.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *